Biblioteca

O PPGE dispõe de acervo bibliográfico adquirido e disponível em dois setores: Biblioteca Comunitária (BCo) da UFSCar e Unidade Especial de Informação e Memória do Centro de Educação e Ciências Humanas (UEIM-CECH) – que compreende o Serviço de Documentação em Educação do Departamento de Educação (SDE-DEd) e o Arquivo de História Contemporânea.

Inaugurada em 1995, a Biblioteca Comunitária (BCo) da UFSCar vem oferecendo, desde então, serviços significativos, contando com amplo espaço e condições de estudo com mais de 200 mil livros, mais de 4 mil periódicos impressos e mais de 22 mil periódicos eletrônicos em seu acervo, assim como instalações adequadas e diversificadas para inúmeras atividades. Totalmente informatizada, permite acesso a bancos de dados e a informações. O acesso fácil à bibliografia diversificada e atualizada tornou a elaboração das dissertações e teses mais dinâmica e rica – o mesmo acontecendo com o desenvolvimento dos projetos de pesquisa existentes. Ademais, a UFSCar conta com a Biblioteca Digital de dissertações e teses, que proporcionou maior visibilidade às produções acadêmicas da Universidade. Nessa perspectiva, temos empreendido uma política ativa no sentido de atender à recomendação da Capes: a de tornar públicas na web as dissertações e teses, o que proporciona a difusão do conhecimento com eficiência e rapidez, além de transparência e visibilidade à produção do Programa.

Contamos, ainda, com bibliotecas particulares dos docentes, além de livros que fazem parte do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (que possui acervos particulares de militantes do movimento negro e de docentes do PPGE, como a “Coleção História Geral da África”, traduzida para o Português, organizada por Valter Silvério, docente da UFSCar), e do Grupo de Estudos e Pesquisas Educação Jesuítica no Brasil Colonial (dotado de obras e documentos raros sobre a educação brasileira do período). Além desses acervos, um dos docentes do Programa mantém uma vasta coleção de obras (mais de 600 livros), documentos e recortes de jornais (cerca de 2000) sobre a ditadura militar, os quais têm sido organizados e classificados com auxílio de bolsistas PIBIC. Este acervo constitui uma importante fonte para pesquisas sobre a história da educação brasileira e sobre a própria ditadura militar.

Toda essa variedade e riqueza de materiais impressos disponíveis na UFSCar e no PPGE tem convivido, cada vez mais, com a prática dos(as) alunos(as) em utilizar consultas eletrônicas para suas pesquisas, e essa forma de acesso conta com possibilidades crescentes. Nesse sentido, temos incentivado a consulta ao Portal de Periódicos da Capes.